Caiu na água, neh! Relaxa, aqui o conserto é mais em conta

Se seu coração disparou quando o celular caiu na água você está no lugar certo

ORÇAMENTO GRATUITO

Caiu na água, neh! Relaxa, aqui o conserto é mais em conta

Se seu coração disparou quando o celular caiu na água você está no lugar certo

ORÇAMENTO GRATUITO

linhas a, j e s da samsung

Toda a linha A (Samsung A1, A3, A5, A7) Toda a linha J (Samsung J1, J3, J5, J7) Toda a linha S (Samsung S3, S4, S5, S6, S7)

CELULARES MOTO G E MOTO X

Os celulares da linha G (MOTO G1, G2, G3, G4) Os celulares da linha X (MOTO X, x FORCE, X4)

Iphone 4, 4s, 5c, 5s, 6, 7

Trocamos a tela de toda a linha dos celulares da Apple. Peças originais e serviço com garantia

O Que Acontece Quando O Celular Cai na Água, no Vaso, na Privada ou Toma Chuva

Não Era Pra Acontecer, Mas Aconteceu

Se por algum descuido seu smartphone, que não é resistente à água, caiu em uma banheira, vaso sanitário, ou no aquário do seu peixe beta, você pode se dar mal. Especialmente porque as fabricantes não cobrem danos por água. Porém, se você ficou calmo e o retirou do aguaceiro em tempo hábil, existem algumas dicas para recuperar o aparelho nadador.

E Agora? Não ligue mais o celular e não coloque pra carregar!

A água pode danificar, e muito, o seu dispositivo. A umidade representa perigo ao hardware, por isso, a primeira coisa é não tentar, de forma alguma, ligar o aparelho novamente. Você não vai querer mandar uma descarga elétrica para componentes internos molhados, certo? Isso fritaria os circuitos dele. Caso o aparelho tenha permanecido ligado após o “mergulho”, desligue-o o mais rápido possível, pois assim, as chances de danificar o hardware serão menores. Retire também o cartão SIM e o microSD

Seque o máximo que puder.

Com o aparelho desligado, a primeira coisa a fazer é secá-lo por fora. Para isso, utilize uma toalha com boa absorção ou mesmo papel de cozinha.

Na falta destes, use papel higiênico. Assim, a água que estava por fora não representará mais um perigo ao telefone quando este for desmontado.

O objetivo de retirar a bateria é dar espaço para a água evaporar, pois a ideia é fazer com que o telefone seque naturalmente.

É importante notar que, quando o aparelho seca de forma natural, as chances de que volte a funcionar são altas.

Apesar da ideia ser de secagem natural do aparelho, podemos contribuir um pouco mais para este processo, abrindo-o com a ajuda de uma chave de fenda, retirando, assim, a parte traseira que envolve o smartphone.

Importante: trata-se de abrir apenas a parte traseira do aparelho.

Se você não tem experiência, não tente nada mais do que isso.

Após abrí-lo, é bem possível que você encontre água sobre os componentes internos. Neste caso, utilize novamente o papel de rolo de cozinha, cuidadosamente, para absorver as gotas que permaneceram.

Tome Cuidado!!!

Todas as dicas neste artigo devem ser realizadas com muita cautela, pois lembre-se: o objetivo é recuperar o aparelho e não terminar de destruí-lo.

Sendo assim, outra possibilidade que auxilia no processo de secagem natural do telefone é utilizar um aspirador de pó para sugar a água e a umidade de dentro do dispositivo. Porém, lembre-se de não deixar nenhum parafuso próximo à boca do aspirador ou qualquer outro objeto que possa ser sugado pelo eletrodoméstico.

IMPORTANTE: Não use secador de cabelo, isso pode deixar uma mancha preta na tela que é irreversível

Em seguida, coloque o aparelho em um recipiente com arroz cru por cerca de 24 horas. Porém, preste atenção: coloque apenas um dos lados do aparelho em contato com o arroz. Assim, nenhum resíduo do grão vai entrar no aparelho.

O arroz vai sugar a umidade, deixando o seu smartphone sequinho. È importante que o recipiente esteja fechado para que o arroz absorva a umidade do celular e não a do ambiente externo. Um bom pote neste caso seria um Tupperware ou uma vasilha fechada com plástico filme.

Depois destes cinco passos, junte todas as partes - capa traseira, parafusos, cartões e bateria - e ligue o aparelho novamente. Caso o telefone não funcione, é porque o banho que ele levou durou muito tempo e a melhor opção mesmo é levá-lo para a assistência técnica.

Valor do Serviço

Quanto custa para consertar um celular que caiu na água?

O preço para esse tipo de conserto pode variar muito e depende muito do que foi danificado. 

Por exemplo, se o celular chega a ligar, vibra, emite som, mas não aparece imagem nenhuma provavelmente foi problema só na tela.

Se ele não liga é mais difícil prever o que houve, só realizando os testes na bancada mesmo.

De modo geral, um reparo na placa fica em torno de R$ 150,00 dependendo do modelo do celular

E a troca de tela gira em torno de 35% do valor do celular.

Vale a pena Levar Para consertar?

Uma decisão a se tomar

Uma pesquisa do IFIXIT.ORG aponta 4 principais benefícios de quem conserta eletrônicos.

  1. Quem conserta seus aparelhos se sente melhor com relação a sua vida.
  2. A economia financeira a longo e médio prazo é maior
  3. O celular dura muito mais, em média 3x mais.
  4. O hábito de consertar os aparelhos ensina aos filhos e netos responsabilidade e sustentabilidade.

o problema das peças paralelas da china

as vezes o barato sai caro

Não é de hoje que ouvimos esse ditado e no caso dos smartphone é a mais pura verdade. Peças paralelas tem um desempenho inferior se comparado com as originais e não apresentam garantias, por isso aqui na ESDRA Celulares só trabalhamos com peças originais.

Cuidado com os valores promocionais.

O que dizem nossos clientes?

Alguns depoimentos dos nossos clientes que ficamos felizes em compartilhar suas opiniões sobre o processo e os resultados.

Ainda ficou com dúvidas

Veja Mais Algumas Matérias e Tire Suas Dúvidas

Fechar Menu
Secured By miniOrange